Gallete de Amora

Esta coisa de estar em reeducação alimentar nem sempre é fácil, especialmente para uma pessoa gulosa como eu. Às vezes, inexplicavelmente, apetece um doce! Mas estou a repensar a minha alimentação para ver se deixo de parecer uma bolinha como já me chegaram a dizer, por isso tem que ser um doce que pareça delicioso, que seja bom e que não faça mal. Parece difícil, mas há uma coisa que pode ajudar nisso: a fruta! É doce e, em quantidades moderadas não faz tão mal como leite condensado ou assim... 
Vi uma receita semelhante a esta, mas com pêssego. Como ainda tinha amoras no congelador decidi experimentar com elas. Fiz um creme semelhante ao creme de pasteleiro: 200ml de bebida de soja, 2 gemas e 1 colher de sopa de amido de milho. Levei ao lume depois de misturar bem e deixei engrossar. 
Estendi uma embalagem de massa folhada num tabuleiro de ir ao forno e piquei com um garfo um círculo no centro da massa. Depois coloquei as amoras em cima e dobrei a massa sobre a fruta. Levei ao forno durante 45 min até a massa estar dourada. 
Não é a coisa mais deliciosa do mundo, mas é bom e parece delicioso! Dá para matar o bicho! 


Sem comentários:

Enviar um comentário