Soufflé de Peixe

Mais um receita para quem quer comer peixe porque faz bem, mas não gosta particularmente de peixe. 
Dizem que o soufflé é uma das coisas mais difíceis de fazer, para sair bem! EU não sei se o meu saiu tecnicamente perfeito, mas estava bom que é só o que interessa! 
Para fazer o meu soufflé cozi dois filetes de peixe (pode ser pescada, peixe gato, ou o que preferirem). Depois preparei um béchamel (50g de margarina e 50g de farinha, com 3dl de leite). Tendo o béchamel preparado temperei-o com sal, pimenta, noz moscada, alho em pó e tomilho. Acrescentei-lhe 4 gemas, depois de deixar arrefecer um pouco e mexi bem para que não talhassem. Bati as claras em castelo. Desfiz o peixe com um garfo e envolvi no béchamel e, depois de bem envolvido misturei nas claras. O cuidado ao misturar tudo nas claras tem que ser supremo! Se tirarmos demasiado ar às claras o soufflé nunca vai crescer. 
No fim é só colocar o soufflé numa forma (eu untei com um pouco de azeite para não pegar) e colocar no forno a 200ºC durante 20 min, E, como ouvi o Jamie Oliver dizer há muito pouco tempo, no fim de o soufflé estar no forno ele nunca mais se abre...confiem no soufflé! Se o quiserem ver, vejam-no pelo vidro! Só quando o relógio marcar a hora certa é que ele sai do forno para ser servido! E depois, bom apetite! 


Sem comentários:

Enviar um comentário