Doçaria tradicional portuguesa II

Esta nova tentativa é, sem dúvida, um dos meus preferidos entre os doces portugueses: Farófias! Não demasiado doce, mas o suficiente para ser delicioso. Desde miúda que me lembro de olhar para uma travessa de farófias e de ver um monte de nuvens embrulhadas num delicioso creme. 
Como esta semana me vi a braços com ovos a mais decidi fazer a experiência, e posso dizer que correu bem! 
E pensei que fosse mais complicado, mas até que nem é. Peguei em 8 ovos e separei as gemas das claras. Às claras acrescentei uma pitada de sal e bati em castelo. A meio do processo acrescentei 50g de açúcar e continuei a bater. Entretanto, coloquei ao lume 800ml de leite com uma pitada de canela (deve usar-se pau de canela mas não tinha) e uma casca de limão. Depois de o leite ferver reduzi o lume mantendo-o sempre bem quente e cozi colheradas de claras...as ditas nuvens! Depois de cozer todas as farófias coei o leite e acrescentei-lhe as gemas e 2 colheres de sobremesa de amido de milho. Depois foi só mexer até que o creme engrosasse e deitá-lo sobre as farófias. Uma deliciosa sobremesa! 


Sem comentários:

Enviar um comentário