Bacalhau com Espírito

O bacalhau faz parte do espírito da nossa gastronomia. Desta vez decidi experimentar bacalhau espiritual! Já tinha provado, mas nunca tinha feito. Felizmente, correu bem! 

E para fazer esta maravilha, faz-se como??? É trabalhoso, mas não demasiado complexo. Como em todos estes pratos começa-se por cozer o bacalhau. Enquanto ele coze aproveita-se para ralar uma cenoura (pode pôr-se mais, mas fica mais doce), uma cebola e dois dentes de alho. Quando está tudo, o bacalhau também deve estar cozido...a não ser que esteja algum chef profissional a ler isto e que saiba cortar uma cebola em segundos. Retira-se o bacalhau e limpa-se de peles e espinhas. Os legumes são salteados num pouco de margarina ou azeite e quando estão dourados acrescenta-se o bacalhau. 
Em seguida faz-se o béchamel. Farinha (100g) e margarina (60g) e 3 dl de leite. Quando o béchamel está pronto acrescentam-se 3 gemas e 3 claras batidas em castelo. Envolve-se a mistura de bacalhau e legumes no molho e leva-se a mistura ao forno polvilhada com queijo. 
Depois inspira-se o espírito que o prato nos dá e fica-se com a alma maior!

Sem comentários:

Enviar um comentário